Gerenciamento de ERP

O ERP serve para manter em apenas um local todos os dados e processos da empresa, desde finanças e contabilidade até fabricação, marketing, vendas
Mais do que isso, um sistema de ERP fornece relatórios que servirão de base para o processo de decisão do negócio. O ERP oferece dados para que gestores façam melhorias e aperfeiçoamentos na operação da empresa. Ele precisa estar ligado a todos os departamentos e ser alimentado automaticamente pelas informações do negócio, como baixas no estoque ou entrega de mercadorias. Somente assim se tornará uma boa ferramenta de gestão.
Gerenciamento de ERP

A importância do ERP para o seu e-commerce

Para as lojas virtuais, o ERP assume algumas atividades fundamentais na gestão. Ele é capaz de controlar o estoque, prever compras de mercadorias, gerir grades de produtos (Produtos pais e filhos) e ainda gerar relatórios que ajudem na tomada de decisões. Somente assim é possível criar vantagem competitiva frente aos concorrentes.

Num âmbito geral, o ERP funciona como apoio para os empreendedores criarem ações que melhorarão o desempenho do e-commerce. Alguns exemplos são o momento ideal de diversificar o mix de produtos ou a maneira como o frete grátis impactará no custo da operação e nas vendas. Ainda que os softwares de gestão de lojas virtuais sejam completos, apenas o ERP será capaz de fornecer uma análise que ajude as empresas a tomarem as melhores decisões em prol do crescimento do negócio.

Por que vale a pena integrá-lo?

Entender a importância de tais sistemas é o primeiro passo que toda loja virtual deve tomar numa época em que a concorrência está sempre procurando meios de superá-la. Porém, tão importante quanto o que é ERP é entender que ele apenas será útil se estiver completamente integrado ao sistema do e-commerce.

As plataformas de mercado geralmente possuem API’s de integração, assim como os ERP’s possuem suas próprias API’s para integração. Conforme as necessidades do cliente, pode-se ter uma integração do ERP com a plataforma de e-commerce, ou vice-versa. Não existe o melhor sentido, o importante é centralizar as informações. As mesmas devem ser automáticas, isto é, transparentes para o gestor do negócio, que deve se preocupar com as vendas. A “expertise” fica a cargo dos profissionais do sistema integrado de gestão.

Gerenciamento de ERP
Fale com nossos especialistas, tire suas dúvidas,
estamos ansiosos em atender-lo. Entre em Contato